contatoflaviavivacqua@gmail.com | whatsapp/telegram 011 966191000

Casa da Backer - Rua Backer, 473, Casa1, Cambuci - São Paulo/SP.

©2019 por FV

Buscar
  • Flavia Vivacqua

CONSTELAÇÕES ORGANIZACIONAIS X FAMILIARES

Imagem do livro “Para Compreender as Constelações Organizacionais” de 2008.


As constelações organizacionais tem pouco mais de vinte anos e foi desenvolvida por Gunthard Weber. Derivada das Constelações Familiares de Bert Hellinger e amplamente beneficiada pela linguagem transverbal desenvolvido pelas Constelações Estruturais do casal Matthias Vargas Von Kibed e Insa Sparrer.

Sou sempre agradecida aos criadores desse trabalho e aos pioneiros que trouxeram ao Brasil essa técnica e abordagem com foco na complexidade das equipes e organizações. No Brasil, em especial agradeço aos pioneiros Rubens Bresciane e Oswaldo Santucci especialistas em Constelações Organizacionais.

Abrir caminhos não é fácil, mas hoje, mais do que antes, estamos necessitando com urgência de que essa prática inovadora, surpreendentemente precisa e humana que são as constelações sistêmicas organizacionais, tome escala no Brasil e seja incluída sem melindres nos processos de governança e gestão das organizações e no desenvolvimento de equipes.

A abordagem Fenomenológica Sistêmica tem se mostrado uma das mais surpreendentes para lidar com a dimensão sistêmica e com a complexidade que estamos enfrentando no nosso dia, seja no contexto pessoal ou no contexto organizacional, onde a complexidade é ainda maior.

Sim, nas organizações estamos falando de um sistema social mais extenso do que as constelações familiares, um sistema de sistemas, em relação dinâmica e mutável que o torna mais complexo que o sistema familiar de uma pessoa.


PARA O ENFOQUE DAS CONSTELAÇÕES SISTÊMICAS, O QUE DIFERE UMA ORGANIZAÇÃO DE UMA FAMÍLIA? (Echegaray, 2008)


PERTENCIMENTO

Uma pessoa pertence a uma família desde o momento de seu nascimento até depois de sua morte. Já uma organização é uma escolha e é temporal. Dessa forma, há um grande um grande número de possibilidades de formas de pertencimento e vínculos que se dão nas organizações, mostrando sua complexidade, e que não acontecem no sistema familiar.


ORDEM

Enquanto a ordem primordial de uma família é o tempo, quem veio antes e quem veio depois, nas organizações o sistema se mostra mais complexo quando olhamos por exemplo para a hierarquia a partir do Tempo na Organização e Experiência em relação a especialização e qualificação profissional.


EQUILÍBRIO

As organizações são fundadas e orientadas para sua função social e tarefas, enquanto a família para a autoconservação e sobrevivência da espécie.

Assim, os valores, a identidade, as relações, os processos e a estrutura que determina a cultura de cada um dos sistemas são completamente diferentes, quando se trata de uma organização ou uma família.


Dessa forma, o profissional que atuará nas organizações deve ter muito cuidado quando propõe uma transferência dos conhecimentos técnicos e das dinâmicas sistêmicas do campo das Constelações Familiares para o campo das Constelações Organizacionais.

#constelaçoesorganizacionais #constelaçoesfamiliares #culturaorganizacional #complexidade #guilhermoechegaray

0 visualização